FIES sem fiador? Como funciona?

FIES sem fiador? O Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (FIES) foi uma iniciativa criada, a fim de auxiliar estudantes de baixa renda a cursarem universidades ou faculdades não gratuitas, uma vez que essa parece uma realidade bastante distante ao aluno da rede pública que sonha em ter uma graduação.

FIES sem fiador

FIES sem fiador? Como funciona?

Com a crescente procura por parte dos alunos por um financiamento estudantil, o FIES passou por diversas mudanças, a fim de melhorar o atendimento a esses estudantes e lidar com a falta de recursos, que muitas vezes são limitados dentro do próprio governo. No entanto, com essas mudanças surgem as dúvidas e uma delas é se é realmente possível usufruir do FIES sem precisar de um fiador.

Apesar de proporcionar muitas facilidades, o programa possuía algumas exigências que não podiam atender a todos, com isso o antigo Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, no ano de 2010, anunciou a possibilidade de contratar o FIES sem precisar de um fiador, sabendo da grande dificuldade em encontrar alguém de confiança para tal responsabilidade.

Sabemos que a procura por um fiador nem sempre é uma tarefa fácil, na maioria das vezes a pessoa deve possuir renda comprovada maior ou igual às parcelas do financiamento, além de uma relação de confiança com o beneficiado. Considerando todos esses fatores, o programa inovou.

É claro que há algumas regras e saberemos agora como funciona essa opção e quem pode se candidatar a essa modalidade.

Regras

É possível contratar o FIES sem precisar de um fiador, mas algumas regras devem ser seguidas. Primeiramente, não são todos os estudantes que podem ser beneficiados, apenas três categorias se encaixam nessa modalidade. São elas:

1- Bolsistas parciais do Programa Universidade para Todos (PROUNI): os estudantes que recebem o benefício parcial do PROUNI, podem se candidatar para financiar o restante da parcela por meio do FIES. Nesse caso não é necessário que o candidato tenha um fiador.

2- Estudantes de Licenciatura: os alunos que estão matriculados em cursos de licenciatura de universidades não gratuitas também podem se candidatar ao FIES sem fiador.

3- Renda Familiar: estudantes com renda familiar bruta per capita de até um salário mínimo e meio também estão dispensados de possuir um fiador no momento do contratar o financiamento.

Portanto, bolsistas do PROUNI, estudantes dos cursos de licenciatura e estudantes com renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio não precisam apresentar fiador para usufruir do FIES.

Para garantir que os alunos não precisem de fiador, o governo criou o Fundo de Garantia de Operações de Crédito Educativo (Fgeduc), tal fundo substituirá o fiador e assumirá a dívida do aluno até o fim do curso. É importante prestar atenção e consultar com a sua universidade se ela está cadastrada nesse fundo, uma vez que o cadastramento foi opcional às instituições privadas.

Agora ficou ainda mais fácil aderir ao FIES sabendo que é possível contratar o fundo sem a necessidade de um fiador, não perca essa oportunidade.

Add Comment