Como Abater 1% do FIES para Professores

O abatimento de 1% do FIES é destinado a médicos e professores da rede pública que podem solicitar o abatimento do Financiamento Estudantil por meio do site SISMEC, não existe um período para a solicitação do abatimento que pode ser realizado durante todo o ano, para fazer a solicitação basta ser professor da rede pública estadual ou médico que atenda em unidades de saúde pública.

É necessário estar em efetivo exercício das atividades de professores ou médicos, também é permitido a solicitação do abatimento para professores com vínculo temporário que não se enquadram na categoria E de efetivo da rede pública de ensino.

A validação do abatimento ocorre em prazo regular que será informado ao professor da rede pública ou médico que fez uso do Financiamento Estudantil para pagamento das mensalidades do curso superior, desta maneira o abatimento pode ser solicitado a qualquer tempo, porém a validação acontecerá mediante avaliação das informações pela secretaria.

Como funciona o abatimento de 1% para professores?

O abatimento de 1% para professores acontece sobre o valor do Financiamento Estudantil, é destinado aos professores que solicitaram o FIES durante a graduação e deverão amortizar a dívida após o termino do curso, pode ser amortizado até 100% do valor da dívida.

Para solicitar o abatimento é necessário ter uma jornada semanal de no mínimo 20 h.s. (vinte horas), o abatimento é concedido sobre as horas já trabalhadas do professor, desta maneira o professor que comprovar vínculo com a escola pública poderá solicitar abatimento de 1%  para cada mês de trabalho.

O valor de 1% é concedido para cada mês trabalhado, isso significa que o professor que trabalhar um ano na rede pública de ensino poderá conseguir o abatimento de 12% do valor da dívida, segundo informações do canal T.v. Brasil. Gov em entrevista com Paula Branca de Mello, diretora do Programa de Graduação do MEC.

Qual o valor real do abatimento de 1% para professores?

O percentual de 1% deve ser contado dos meses trabalhados do professor, desta maneira se o professor trabalhou durante um ano em escola pública isto significa que será concedido o abatimento de 12 meses ou seja 12% do valor da amortização. O valor da amortização é o valor da dívida do FIES.

  • O professor que estudou 4 anos com mensalidade da graduação no valor de R$400,00 e já fez o pagamento dos juros terá o valor da dívida com o FIES de R$19.200,00 (dezenove mil e duzentos reais).
  • Se este mesmo professor trabalhar durante 1 ano na rede pública poderá solicitar o abatimento no valor de R$2.304,00 que será amortizado sobre prestações ou valor total do FIES, este valor representa 12% do valor da dívida.

Segundo a orientação da diretora do Programa de Graduação do MEC Paula Branca de Mello o professor que trabalhar durante 8 anos na rede pública poderá obter um abatimento de 100% do valor financiado pelo programa,  desta maneira é necessário renovar as informações sempre que solicitado.

O que acontece se o professor deixar de atuar na docência da rede pública de ensino? 

O professor que deixar de atuar na docência da rede pública de ensino perde o direito ao abatimento das parcelas, somente os professores em efetivo exercício podem ter o valor abatido, suponhamos que um professor tenha realizado o abatimento do valor das parcelas e não está mais em efetivo exercício, este professor deve informar ao estado a nova situação e perderá o desconto das horas trabalhadas nas parcelas que se sucederem.

O que é amortização da dívida do FIES? 

A amortização da dívida do FIES são valores pagos com o objetivo de reduzir valores ou número de prestações do Financiamento Estudantil, após o término do curso de graduação o aluno que tiver contrato com o FIES deverá fazer a amortização ou pagamento do valor financiado.

O pagamento do valor financiado pelo FIES poderá ser amortizado, com pagamento de uma quantia significativa e ou parcelado em prestações a serem negociadas com a Caixa Econômica Federal.

  • Um exemplo é um estudante que ingressa na docência de escola pública no último ano da graduação ou licenciatura, ao terminar o ano deverá realizar a amortização ou negociação da dívida com a Caixa Econômica Federal, a caixa deve informar qual o valor deverá ser amortizado naquele ano caso o valor seja superior ao desconto será necessário pagamento de parcelas.
  • Caso o contrato do estudante prevê amortização do valor anual idêntico ou inferior ao valor do desconto de 1% mês o estudante poderá aguardar a renovação da solicitação e declarar novas horas antes da amortização do próximo ano, no final de 8 anos o estudante obterá um desconto de 96% do valor total utilizado do Financiamento Estudantil.

Como são validadas as informações para concessão do Fundo de Financiamento Estudantil?

O estudante pode solicitar a qualquer tempo o desconto, desde que esteja com contrato assinado ou seja concursado da rede pública de ensino, a validação das informações declaradas do estudante deverá ser confirmadas pela secretaria da escola onde o professor encontra-se em efetivo exercício da função que será informado do prazo para atualização dos dados cadastrais sempre que o período de validação for aberto.

Add Comment