FIES 2018 para Medicina – Regras, Como Funciona

Os cursos de medicina são sempre os mais concorridos dentre os vestibulares. Além de muito difíceis e com uma quantidade exorbitante de candidatos por vaga, os vestibulares para esse curso demandam um tempo e dedicação de estudos que jovens que precisam trabalhar e não podem dedicar-se integralmente aos estudos não possuem.

FIES 2018 para Medicina

FIES 2018 para Medicina

Uma saída para tais estudantes são os vestibulares e cursos de instituições privadas, que apesar de difíceis não possuem uma concorrência tão grande, por outro lado, as mensalidades cobradas por tais instituições são muito caras, chegando a valores de até R$ 10.000,00. É claro que a maior parte dos candidatos não tem condições de arcar com um valor tão alto, por isso uma opção é recorrer ao FIES 2018 para Medicina.

Quais as regras do programa para o curso de medicina?

As exigências para os candidatos a cursos de medicina que querem contratar o FIES para custiar os seus estudos não mudam drasticamente, uma vez que a seleção para o programa é normatizada para todos os cursos.

Algumas diferenças estão no número de vagas ofertadas e a nota de corte que o candidato deve alcançar no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), que varia de acordo com a instituição de ensino escolhida.

O candidado deve:

  • Ter prestado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) nos últimos cinco anos e ter obtido nota superior a 450 pontos. No caso dos cursos de medicina, a nota de corte das instituições varia de 700 a 800 pontos, portanto, o estudante deve realmente priorizar o ENEM caso queira uma chance;
  • Não ter zerado na redação da prova supracitada;
  • Ter renda bruta familiar mensal de até cinco salários mínimos, a partir do ano de 2018;
  • Estar devidamente matriculado em um curso presencial de medicina na instituição de ensino superior de sua escolha, desde que a mesma possua avaliação positiva no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES)/(MEC).

Como funciona o pagamento do FIES para cursos de medicina?

As três modalidades divulgadas para o ano de 2018 se aplicam para os cursos de medicina, inclusive a opção com juros zero, portanto o estudante desse curso também paga a taxa simbólica de R$ 150,00 trimestrais referentes aos juros impostos sobre o financiamento e só inicia a quitação de sua dívida após o termino do seu curso, com um desconto de até 10% no seu salário, regra que também entra em vigor no próximo ano.

O único diferencial para os futuros médicos é que os beneficiados pelo FIES podem trabalhar para a rede pública de saúde como forma de pagamento de sua dívida, para isso, o estudante deve seguir os seguintes requisitos:

  1. O beneficiado deve solicitar o abatimento de sua dívida, por meio do trabalho público, após um ano interrupto como médico na equipe da Saúde da Família;
  2. Ser integrante da equipe da Saúde da Família oficialmente cadastrada em seu município;
  3. Caso o valor do abatimento não seja suficiente, o beneficiado deve retomar o pagamento das parcelas até liquidar sua dívida.

Caso esteja interessado em contratar o FIES para financiar um curso de medicina, informe-se se a instituição que deseja ingressar possui cadastro no programa e se você se encaixa nos requisitos necessários para ficar ainda mais perto de realizar o sonho da graduação.

Add Comment